Pretto prega critério e transparência sobre impeachment contra Sartori

O presidente da Assembleia, deputado Edegar Pretto (PT), declarou nessa segunda-feira que irá pautar toda a tramitação do pedido de impeachment contra o governador José Ivo Sartori (PMDB) de forma criteriosa, transparente e responsável. O pedido para abertura de processo de impeachment foi apresentado ontem pelo Cpers à Mesa Diretora do Legislativo gaúcho.

“Não esperem de mim uma atitude irresponsável. Não serei um Eduardo Cunha, que encaminhou um golpe parlamentar e, agora, está preso por corrupção. Veja o trauma deixado sobre o país”, afirmou, referindo-se ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

No pedido, o Cpers aponta uma série de supostos crimes de responsabilidade, entre eles o suposto recebimento, para a campanha, de recursos oriundos de propina da JBS, repassados, segundo delação, por Aécio Neves (PSDB) ao PMDB do RS. Na Assembleia, o caso será analisado pela Procuradoria, que apresentará um relatório jurídico à Mesa Diretora.

Ação será arquivada

O líder do governo na Assembleia, deputado Gabriel Souza (PMDB), considerou que o pedido para abertura de processo de impeachment do governador José Ivo Sartori (PMDB), encaminhado pelo Cpers ao Parlamento, “não tem nenhum fundamento”. Em nota, Souza acusa o Cpers de manter “indignação seletiva e agir como braço ideológico-partidário do PT, esquecendo da educação e dos professores”.

Para ele, a Assembleia “é poder sério e responsável. Não tenho dúvidas de que o destino dessa ação partidarizada será o arquivo”. Em outubro de 2016, o sindicato já havia entrado com pedido de afastamento argumentando o descumprimento de decisões judiciais.

Outras Notícias

Mais de 200 caravanas de todo o País já confirmaram presença em POA

Caravanas de todos os cantos do Brasil começaram a se organizar para ocupar Porto Alegre! São professores e professor...

Tasso diz que Aécio o destituiu por diferenças éticas e pressão do Planalto

Destituído da presidência nacional do PSDB, o senador Tasso Jereissati (CE), recém-lançado candidato a assumir o coma...

CUT-Vox mostra Temer com 3% de avaliação positiva

Para 84% dos brasileiros, o Brasil está na direção errada. Essa é uma das principais constatações da nova rodada da p...

A CUT-RS e centrais sindicais realizam nesta sexta-feira (10) um dia nacional de paralisação e mobilização, às vésperas do início da vigência em 11 de novembro da lei 13.467, a chamada “reforma” traba

A CUT-RS e centrais sindicais realizam nesta sexta-feira (10) um dia nacional de paralisação e mobilização, às vésper...

Fux desafia direito, antecipa posição sobre 2018 e é criticado

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux fez uma declaração polêmica ao antecipar, no último domingo (5)...

Chanceler brasileiro defende maior cooperação econômica entre os Brics

O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, defendeu nesta segunda-feira, em Pequim, um aprofundamento da coop...

Em recurso ao plenário do STF, Janot volta a pedir prisão de Aécio e Rocha Loures

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu novamente nesta segunda-feira (22) ao Supremo Tribunal Federal ...

OAB deve protocolar pedido de impeachment de Temer até quinta-feira (25)

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cláudio Lamachia, informou que a entidade deve protocolar até qu...

Delator diz que Aécio recebeu R$ 80 milhões para campanha e "continuou pedindo mais"

Em delação ao Ministério Público (MP), o diretor de Relações Institucionais e de Governo da JBS, Ricardo Saud, relato...

Temer recebia propina da JBS desde 2010, segundo a PGR

Os pedidos de propina do presidente Michel Temer ao empresário Joesley Batista, dono da JBS, ocorriam desde 2010, seg...